PistonCzar Spot

Janeiro 22, 2008

Telhadela SA – A feira dos 22

Filed under: Telhadela SA — pistonczar @ 8:28 pm

22-01-06_1604.jpg 

Na verdade a feira dos 22 não é em Telhadela, mas sim num burgo lá próximo que dá pelo nome de Espinheira, mas ainda assim acho que esta feira deveria ser proclamada património mundial pela UNESCO, sendo portanto propriedade de todos nós. Esta localidade vive o seu dia de maior orgulho no dia 22 de Janeiro de cada ano. E porquê? Porque é neste dia que se realiza a magnífica feira anual (que já foi mensal, ao 22 de cada mês, daí a originalidade do nome).

A esta hora já estão todos os habitantes da Espinheira que me leêm diariamente a espumar pela boca prometendo-me pernas e pescoços partidos. Na realidade, por esta hora os habitantes da Espinheira já estão a espumar pela boca mas apenas devido à bebedeira que têm no canastro. Até porque na Espineira ninguém me lê. E fazem eles muito bem.

Eu próprio também sou (ou melhor, tenho sido) um visitante assíduo da feira dos 22 – não para me embebedar, mas para ver os artigos que lá se vendem. Alguns deles até dá vontade de comprar apenas para servirem como prova a outras pessoas que achavam que esses artigos não se vendiam. Esta feira, e penso que não estou a exagerar, é a maior concentração mundial de quadros do menino da lágrima (é, para mim, das maiores parolices à face da terra) e de Jesus Cristo com aquele ar ternurento, canecas para vinho com a face do Zé Povinho, tamancos (haverá alguém que compre aquilo para além de dançarinos do rancho folclórico?), canivetes (para descascar a fruta, limpar o sarro debaixo das unhas e ocasionalmente limpar a cera das orelhas – não muitas vezes, porque toda a gente sabe que provoca surdez caso se repita este gesto amiudadas vezes). Mas o item que eu gosto mais nesta feira é o vendedor ambulante que tem uma carrinha cheia de artigos e vai para cima dela (da carrinha) com um microfone preso ao pescoço por um arame e com a cabeça (do microfone) envolta num lenço (convém que já tenha sido usado por alguém constipado, apenas para melhorar a qualidade do som) e começa a anunciar os seus produtos: “O primeiro freguês que me chegar aqui com €10 leva uma mala de ferramentas com… não uma, não duas, não cinco, mas dez chaves de bocas! E leva ainda uma toalhinha para a mesa que sou eu que ofereço. Ó fregueses! €10 por isto tudo. Mas…, espera aí… eu hoje estou maluco, com este conjunto todo leva ainda… não um, não três, mas vinte pares de meias pelos mesmos €10! Aproveitem fregueses que a mercadoria está p’ra acabar! Eu já estou a perder dinheiro!”

A fotografia que ilustra este post é de um destes vendedores na feira dos 22 numa magnífica tarde de sol.

Anúncios

Site no WordPress.com.