PistonCzar Spot

Outubro 2, 2007

Por aí – O 2 de Outubro

Filed under: Por aí — pistonczar @ 7:36 pm

Bem sei que hoje o assunto previsto em discussão neste blog no dia de hoje seria Telhadela SA. Porém, o dia de hoje é especial, devendo por isso ser abordado de maneira diferente. E porque é que hoje é um dia especial? É especial porque hoje, 2 de Outubro, é o dia em que este mundo teve o privilégio de ver nascer duas das figuras mais relevantes do século passado. Mohandas Karamchand Gandhi nasceu em 1869 e Julius Henry Marx nasceu em 1890. Cada uma destas figuras merecia não apenas um post dedicado apenas a si próprio, mas a uma biblioteca completa.

37.jpg 

Gandhi foi para além de um exímio líder político indiano, um líder espiritual para o seu povo. Exerceu a sua influência sobre toda a Índia (numa altura em que esta incluia ainda o território do actual Paquistão), sobre hindus e muçulmanos, sendo a principal força da união (e talvez a única digna desse nome) de todo um povo, notando as suas diferenças claras, mas ainda assim mantendo a sua opinião que a Índia poderia incluir hindus e muçulmanos vivendo em perfeita harmonia. 

Provou que a lei da violência inglesa não poderia durar e que os indianos só seriam governados por ingleses se o quisessem. Combateu o imenso poderio militar e organizativo inglês com amor, singeleza e força de vontade.

São suas a palavras imortais:

“Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo.”

“Devemos expandir o círculo do nosso amor até que ele englobe todo o nosso bairro; do bairro, por sua vez, deve desdobrar-se para toda a cidade; da cidade para o estado, e assim sucessivamente até o objeto do nosso amor incluir todo o universo.”

“A política do olho por olho só acabará quando todos forem cegos”.

38.jpg 

Groucho Marx é uma figura que eu descobri mais recentemente e fiquei completamente impressionado. Impressionado a ponto de o considerar um dos maiores comediantes de todos os tempos. Uma comédia de rara inteligência, baseada numa fina ironia transversal, semeada de trocadilhos e jogos de palavras. Para mim o verdadeiro mestre da descontrução.

Groucho Marx é dos comediantes mais citados, mas ainda assim poucas são as pessoas que conhecem a sua obra devidamente. E todos os que conhecem a sua obra são seus fans. É impossível não o ser.

Algumas das suas citações mais conheciadas:

“Eu pretendo viver para sempre, ou morrer tentando.”

“Eu nunca esqueço uma cara, mas, no seu caso, vou abrir uma excepção”

“Acho a televisão muito educativa. Toda as vezes que alguém liga o aparelho, vou para outra sala e leio um livro.”

“O casamento é a principal causa do divórcio”

“Há muitas coisas na vida mais importantes que o dinheiro, mas são tão caras…”

Espero com isto ter contribuido para o conhecimento e o reconhecimento destas duas grandes personalidades do último século. Se não, pelo menos tentei.

Uma efeméride pessoal do dia de hoje foi o facto de, pela primeira vez na vida, ter tomado um comprimido. E logo um Clonix. Bendita dor de dentes!

Anúncios

Site no WordPress.com.